DESDE 1975 11 2601-1544

Novidades

NÃO DEIXE PARA A ÚLTIMA HORA! ENTRE EM CONTATO CONOSCO E SOLICITE O ORÇAMENTO!
 
 
IRPF/2019 – Ano Base 2018
 
A declaração de Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) de 2018 deverá ser entregue entre 7 de março e 30 de abril, segundo instrução normativa da Receita Federal publicada nesta sexta-feira (22) no Diário Oficial da União.
Estão obrigados a apresentar a declaração aqueles que tenham recebido rendimentos tributáveis cuja soma supere R$ 28.559,70 no ano passado, ou rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados na fonte com soma superior a R$ 40 mil.
Quem registrou ganhos com alienação de bens ou direitos tributáveis, realizou operações na bolsa de valores, ou  tenha optado pela isenção do imposto incidente sobre a venda de imóveis residenciais também deve declarar.
Em 2019, a Receita Federal adotará uma nova regra para as declarações do Imposto de Renda: os declarantes deverão informar o número do Cadastro de Pessoa Física (CPF) de todos os dependentes, mesmo os recém-nascidos.
No ano passado, apenas aqueles com 8 anos ou mais deviam ter CPF informado. A dedução para cada dependente pode chegar a R$ 2.275,08 no Imposto de Renda. A mesma pessoa não pode constar como dependente em mais de uma declaração.
Para a Declaração de Bens, serão necessárias as seguintes informações:
Declaração de Imóveis: data de aquisição / área do imóvel / registro em órgão público e no cartório / número contribuinte IPTU.
Declaração de veículos: deve ser informado o Renavam
Informações Bancárias: será necessário informar o CNPJ do banco ou instituição financeira onde tem Conta Corrente, Poupança ou Aplicações 
 
Documentos necessários para a elaboração do IRPF/2019
 
Documento de compra e/ou venda de veículos em 2018, além de marca, modelo, placa e nome e CPF/CNPJ do comprador ou do vendedor e RENAVAN dos veículos que já possuem.
Cópias de recibos/notas fiscais fornecidos a pacientes/clientes no caso de autônomos;
Livro-caixa no caso de autônomos;
Informe de rendimentos do INSS no caso de quem recebe benefícios previdenciários ou de entidades de previdência privada;
Informes de rendimentos financeiros fornecidos por bancos, corretoras e bolsa de valores;
Informes de pagamento de contribuições a entidades de previdência privada;
Recibos/carnês de pagamento de despesas escolares dos dependentes ou do próprio contribuinte;
Recibos de aluguéis pagos/recebidos em 2017;
Nome e CPF dos beneficiários de despesas com saúde;
Nome e CNPJ dos beneficiários de pagamentos a pessoas jurídicas, como hospitais, planos de saúde, clínicas de exames laboratoriais etc;
Nome e CPF de beneficiários de doações/heranças e respectivo valor;
Nome e CPF dos dependentes maiores de 12 anos, completados até 31 de dezembro de 2017;
Nome e CPF de ex-cônjuges e de filhos para comprovar o pagamento de pensão alimentícia;
Dados do empregado doméstico com os recolhimentos das contribuições ao INSS;
Documento de compra de veículos ou de bens por consórcios em 2017;
Documentos sobre rescisões trabalhistas, com valores individualizados de salários, férias, 13º salário, FGTS etc.
 
 
Agenda Tributária

carregando ...

Cotação de Moedas
Horário de Funcionamento
De 2ª a 6ª-feira das 08:00h às 11:30h e das 13:00h às 17:00h

REDES SOCIAIS
Curta nossa página no facebook